Veduca desenvolve Mooc personalizado

Desde a ideia inicial, que era colocar legendas em português em aulas das melhores universidades do mundo e disponibilizá-las gratuitamente na web, muito aconteceu. Quase um ano e meio depois de Carlos Souza e Eduardo Zancul terem lançado o Veduca, o portal cresceu – e cresceu muito. Com seus mais de 270 cursos inteiros, majoritariamente de universidades norte-americanas, legendados e aulas exibidas mais de 230 mil vezes, a plataforma chamou a atenção de investidores estrangeiros e recebeu um aporte que ganhou destaque na imprensa internacional. No mês passado, se tornou a primeira da América Latina a surfar na onda dos Moocs (cursos abertos, gratuitos, de nível superior e on-line) e oferecer cursos com certificado. Agora, a promessa vai além: nos próximos seis meses, o Veduca vai passar a oferecer planos de estudo individualizados, começando a pavimentar um caminho de personalização do ensino superior novo até para os pioneiros em Moocs no mundo.

“O aluno vai nos dizer o seu objetivo, nós vamos buscar informações sobre ele no LinkedIn, no Facebook e no próprio Veduca. Com isso, faremos uma lista personalizada de cursos ideais para cada um”, afirmou Souza, fundador e CEO da plataforma, apontando as redes sociais como um dos meios que utilizará para inferir interesses dos alunos. Hoje, o Veduca tem três cursos oferecidos em formato de Moocs, sendo dois da USP (física e probabilidade e estatística) e um da UnB (bioenergética) – para acessá-los, basta clicar na aba “certificados”. Os próximos lançamentos confirmados são de cursos do ITA, FGV, PUC-Rio e PUC-SP. Para participar, os alunos podem se inscrever a qualquer momento, as aulas e as ferramentas da plataforma são 100% gratuitas. “Nossa crença, no Veduca, é que o conteúdo tem que ser gratuito e que o maior responsável pelo conhecimento é o próprio aluno”, enfatiza Souza. Ao completar o curso, o estudante tem a opção de fazer uma prova presencial para obter um certificado, também gratuito, por enquanto.

Quando a ferramenta de personalização for lançada, os Moocs oferecidos pelo Veduca darão um passo importante na direção personalizar o ensino superior, conforme as intenções de cada estudante. A tendência já tem sido percebida com o uso de plataformas adaptivasGlossário compartilhado de termos de inovação em educação e seus algorítimos complexos no ensino básico; essas ferramentas, como a Knewton e a DreamBox, são capazes de entender o que o aluno sabe e sugerir conteúdos e formas de aprender que possam promover um aprendizado mais eficiente. Apesar de todo esse movimento nas escolas de ensino fundamental e médio, hoje, plataformas mais tradicionais de ensino superior, como Coursera, edX e Udacity, ainda não são capazes de personalizar sugestões.

Leia mais em: http://porvir.org/porfazer/veduca-desenvolve-mooc-personalizado/20130722