Software usa neurociência para melhorar aprendizado

Depois de mais de 15 anos de investigação, pesquisadores brasileiros, baseados em Sergipe, conseguiram desenvolver um software capaz de auxiliar o aprendizado de português e matemática de alunos do ensino fundamental que apresentam transtornos de aprendizagem. O grande diferencial do programa intitulado EnsCer (Ensinando o Cérebro) é que ele foi desenvolvido a partir do conhecimento neurocientífico sobre o processamento cognitivo cerebral dos próprios estudantes que tinham déficit de atenção ou dislexia, por exemplo. Foi a partir da leitura dos mapas cerebrais dos alunos, com ajuda de eletrodos, aliado ao desenvolvimento de modelos matemáticos, que os pesquisadores conseguiram analisar as dificuldades específicas dos estudantes.

Depois que o aluno responde a uma série de questões de matemática e português, o software consegue indicar àqueles com transtornos de aprendizagem, um roteiro de assuntos que precisariam gastar mais tempo para melhor compreender. A partir daí, os estudantes têm acesso a uma série de exercícios e atividades complementares que os auxiliam na recuperação do conteúdo. O primeiro piloto do projeto foi realizado com alunos que moram em um dos municípios mais miseráveis do Brasil: Santa Luzia do Itanhy, localizado a 86 km da capital sergipana. E os resultados em relação à melhoria da aprendizagem dos estudantes foram positivos.

Do total de 1.271 participantes, cerca de 30% apresentaram, em algum nível, um determinado tipo de transtorno de aprendizagem. Esses 382 alunos foram monitorados durante o ano letivo de 2010 e tiveram uma melhora de desempenho de 16% em português e 12% em matemática. Conforme relatório que resume os dados da pesquisa: “o resultado positivo pode ser constatado em 2010 e novamente no ano seguinte. Além disso, professores relataram uma significativa melhoria no comportamento destes alunos, provavelmente decorrente do fato deles passarem a conseguir acompanhar os conteúdos das aulas”.

Leia mais em: http://http://porvir.org/porfazer/software-usa-neurociencia-para-melhorar-aprendizado/20131023