Caminhos para a educação em 2014

Anotem três palavras: personalização, experimentação e tecnologia. Agora, assumam uma compreensão ampla de cada um desses termos. É mais ou menos orbitando em torno desses três conceitos que as inovações educacionais de 2014 devem aparecer. Para chegar a essa conclusão, perguntamos a especialistas em educação de diversas áreas: o que devemos esperar da educação em 2014? Não servia dizer o que cada um gostaria que acontecesse ou o que há de mais vanguardista na educação. Nossa proposta era que, a partir do que se tem visto como tendência no mundo, cada um apontasse o que deve se tornar viável no Brasil, com todas as nossas limitações e desafios, em um prazo de 12 meses.

As respostas foram as mais variadas. Foram mencionados desde equipamentos que devem se popularizar, como uso abundante de tablets e da computação na nuvem, até conceitos que prescindem da utilização de uma ou mais tendências, como o desenvolvimento das habilidades socioemocionais e a educação integral. Com essas contribuições em mãos, tentamos organizá-las, aproximando as com mais similaridades.

Foi aí que chegamos ao diagrama de conjuntos que desenvolvemos no infográfico abaixo. A partir dos três grandes temas – personalização, experimentação e tecnologia – procuramos identificar o que é intrínseco a cada um dos elementos trazidos pelos especialistas. Por exemplo: os recursos digitais são, em si, uma tecnologia e, portanto, ele devem estar neste círculo. Na sequência, fizemos o exercício mental de nos perguntarmos se eles podem promover a personalização ou a experimentação. A resposta que encontramos, neste caso, foi sim para os dois. Um recurso digital pode levar à personalização se for usado para promover alguma habilidade de forma individualizada, a partir das necessidades de um aluno. E pode promover a experimentação se for utilizado em projetos. Portanto, a depender se seu uso, os recursos digitais poderiam fazer parte de dois círculos ou de três.

Leia na íntegra em: http://porvir.org/porpensar/caminhos-para-educacao-em-2014/20140101