A tecnologia como ferramenta na aprendizagem

As tecnologias podem e fazem parte do plano pedagógico de muitas instituições de ensino. Hoje os recursos tecnológicos estão em todas as situações de nossas vidas e com a escola não poderia ser diferente. No entanto, é necessário que este avanço seja aperfeiçoado sempre e, principalmente, que os educadores estejam capacitados a desenvolver projetos agregadores a partir do uso tecnológico. Diante do cenário, a Escola Santi ressalta que a tecnologia deve ser usada para potencializar o trabalho em uma sequência didática, projeto ou estudo e não por conta das tendências, costumes e hábitos atuais.

O fundamental é que o uso de recursos tecnológicos contribua para tornar mais significativa uma atividade ou o trabalho sobre um tema. Por exemplo, há aplicativos que oferecem ferramentas de construção de mapas conceituais de um modo fácil e rápido: fazer isso manualmente não é impossível, mas certamente é mais demorado e, muitas vezes, menos eficiente.

Além desse aplicativo, existem diversas mídias e veículos de comunicação ligados à educação que podem ser usados pelos professores. Para a professora de Matemática da Escola Santi, Carla Milhossi, os profissionais de ensino devem utilizar, sim, dos canais tecnológicos disponíveis. “Com certeza, o professor deve fazer uso de canais, como os de vídeo, banco de jogos, banco de textos e de livros, que podem ser muito bem aproveitados em sala de aula. Além disso, fóruns de discussão, blogs são ferramentas com potencial para propor atividades produtivas extraclasse”, explica a professora.

Leia a reportagem na íntegra em:http://canaldoensino.com.br/blog/a-tecnologia-como-ferramenta-na-aprendizagem