“Guru” da educação online, professor do MIT defende qualidade da EAD

Quase um milhão de pessoas de 162 países – entre elas, 23 mil brasileiros – são alunos dos cursos da edX, plataforma de aulas gratuitas pela internet (MOOCs, na sigla em inglês), criada em 2012 pela Universidade de Harvard e pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) – duas das maiores referências em ensino superior dos Estados Unidos. Para o presidente do órgão e criador do primeiro curso disponibilizado por ele, o indiano Anant Agarwal (professor do MIT), as novas tecnologias empregadas na educação à distância – que vão muito além dos vídeos tutoriais – mudarão completamente as instituições de ensino superior do mundo em pouco tempo: em 20 anos, acredita ele, os estudantes poderão eliminar muitas horas gastas na universidade graças à ferramenta.

“A educação nunca mais será a mesma. (…) Daqui a 20 anos, os campus universitários não contarão mais com salas de aulas lotadas. Os estudantes farão exercícios online e assistirão a vídeos nos dormitórios deles, e só voltarão ao campus para discutir com seus professores e colegas”, afirmou Agarwal, durante o Transformar 2013, evento em São Paulo que reuniu educadores e especialistas da área, na quinta-feira.

Criado no ano passado, o edX contou com investimentos de US$ 60 milhões (cerca de R$ 120 milhões), para oferecer gratuitamente cursos de algumas das principais universidades do mundo, em diversas áreas de conhecimento (exatas, biológicas e humanas) – e a expectativa é ampliar o número de universidades parceiras no sistema.

Leia na íntegra em: http://noticias.terra.com.br/educacao/guru-da-educacao-online-professor-do-mit-defende-qualidade-da-ead,56b7d1ad5c9dd310VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html