Resistores

Apresentação

Alguns aparelhos elétricos, tais como ferro de passar, fornos elétricos, secadores e chuveiros elétricos possuem a função de produzir aquecimento, ou seja, transformar energia elétrica em energia térmica. Esses aparelhos fazem parte do grupo de aparelhos que possuem dispositivos denominado resistores.

OBJETIVOS
  • Identificar a resistência nominal de diferentes resistores, usando o código de cores.
  • Analisar os resistores em um circuito elétrico.
  • Selecionar resistores de um conjunto, de modo a projetar circuitos elétricos.

Ficha técnica

Unidades didáticas às quais este conteúdo pode pertencer:
  • Eletrodinâmica
Outros conteúdos que podem se relacionar a este:
  • Conceitos Básicos de Eletrodinâmica
Níveis de ensino apropriados:
  • Ensino Superior

Créditos

Autores:
Coordenação pedagógica: Prof.ª Dr. Valeria Iensen Bortoluzzi
Coordenação técnica: Prof. Ms. Iuri Lammel
Instituição: Centro Universitário Franciscano (UNIFRA)
Data de publicação: maio de 2011
Local: Santa Maria - RS (BRA)
Como citar este conteúdo:
MAIS UNIFRA. Resistores. Santa Maria, RS: Unifra, 2011. Online. Disponível em: http://maisunifra.com.br/conteudo/resistores/.

Bibliografia

Bibliografia que embasa este conteúdo:
  • Prof. Ms. Anderson Luiz Ellwanger
  • MATHIAS, W. F. e GOMES, J. M. Matemática Financeira. Atlas, 2ª Ed. São Paulo, 1996.
  • GREF. Física 3: Eletromagnetismo. 5 ed. São Paulo: Edusp, v.3, 2002.
  • HALLIDAY, D.; RESNICK, R.; WALKER, J. Fundamentos de Física: Eletromagnetismo. 4 ed. Rio de janeiro: LTC, v. 3,1996.
  • HALLIDAY, D.; RESNICK, R.; KRANE, K. Física 3. 4 ed. Rio de janeiro: LTC, v. 3,1996.
  • TIPLER, P. A.; MOSCA, G. Física para Cientistas e Engenheiros. 6 ed. Rio de janeiro: LTC, v. 2, 2009.

Espaço do professor

Olá, professor!
A seção Ideias e Propostas tem você como foco, ao fornecer sugestões de trabalho, em diferentes contextos, com os conteúdos que você encontra no MAIS Unifra. O documento que você vai acessar não é um plano de aula, por isso não pode substituir seu planajemento pessoal. Mas você poderá ter boas ideias a partir das nossas.
Aproveite este espaço e bom trabalho!

Introdução

O funcionamento de aparelhos eletrônicos com o uso de resistores consiste em uma aplicação interessante deste conhecimento, pois circuitos eletrônicos de computadores, rádios e televisores são bons exemplos de aplicações do código de cores de resistores no mundo real.

O fato de poder testar, explorar, comparar diferentes materiais tidos como resistores, a interatividade com a mudança do código de cores dos resistores, a manipulação e a oportunidade do usuário visualizar o funcionamento de um circuito elétrico despertariam o interesse, chamando sua atenção para aplicações no dia-a-dia do que é estudado no dia-a-dia.

Você sabe o que é Corrente Elétrica?

A corrente elétrica é definida como o fluxo de cargas elétricas em movimento ordenado, ou seja, as cargas devem mover-se no mesmo sentido, porém nem todas as cargas em movimento constituem uma corrente elétrica, como é o caso do fluxo de água que passa por uma mangueira de jardim. No caso do fluxo de água da mangueira não existe um transporte líquido de cargas, pois a quantidade do fluxo de carga positiva (os prótons na molécula de água) e do fluxo de carga negativa (os elétrons) é exatamente a mesma. Sendo assim não haverá corrente elétrica. Quando existir um transporte líquido de cargas elétricas, promovendo um aumento na quantidade de elétrons, haverá corrente elétrica. Um fio condutor, quando ligado a uma bateria, terá seus elétrons livres ordenados em um mesmo sentido, gerando um fluxo de cargas denominado corrente elétrica.

A quantidade de carga (representada na equação por ΔQ), que flui através de uma determinada área da seção transversal de um fio condutor em um intervalo de tempo (representada na equação por Δt), representa a corrente elétrica (representada na equação por i) dada por (HALLIDAY et al., 1996; TIPLER; MOSCA, 2009),

(Equação 1)

A unidade de corrente usada no sistema internacional (SI) é ampére (A), 
onde 1A = 1C/1s.

Você sabe o que é Resistência Elétrica?

Quando aplicamos às extremidades de um fio condutor uma diferença de potencial (tensão), constatamos que os elétrons passam a movimentar-se de forma ordenada. Porém, o fluxo desse movimento ordenado, o qual se caracteriza como corrente elétrica, é dependente do tipo de material de que o condutor é constituído. Dessa forma, podemos conceituar resistência elétrica (representada na equação por R) como a dificuldade que os elétrons encontram para se deslocar, isto é, existe uma resistência à passagem de corrente elétrica no condutor (HALLIDAY et al., 1996; TIPLER; MOSCA, 2009).

Um condutor cuja função num circuito é fornecer uma resistência específica é chamado de resistor. Para a construção do resistor é fundamental a escolha de um material que seja resistente à temperatura que o mesmo deverá atingir e também a sua capacidade de resistir à corrente elétrica. Essa capacidade de resistir à corrente elétrica difere de um material para outro e por isso ela é denominada de resistividade elétrica (representada na equação por ρ). O valor da resistividade elétrica vai definir se o material é bom condutor ou não. Quanto maior for esse valor, maior será a resistência que ele oferece à corrente (GREF, 2002).

A resistência de um determinado material é dependente, então, de sua resistividade, de seu comprimento e de sua área de seção transversal, relacionados por meio da equação (HALLIDAY et al., 1996; TIPLER; MOSCA, 2009):

(Equação 2)

O que é Diferença de Potencial Elétrico (ddp)?

A diferença de potencial elétrico (ddp), também chamada de tensão elétrica, é usada para explicar o movimento das cargas elétricas. A corrente elétrica no interior de um fio condutor deve-se a existência de um campo elétrico nessa região. Esse campo elétrico é fornecido por fontes externas, tais como, pilhas e baterias, que são caracterizadas por diferentes valores de uma grandeza chamada diferença de potencial. A ddp está associada à sua capacidade de fornecer energia elétrica a um determinado aparelho elétrico (GREF, 2002). A ddp (representada na equação por ΔV), entre dois pontos quaisquer i e f, num campo elétrico, é definida como (HALLIDAY et al., 1996; TIPLER; MOSCA, 2009),

(Equação 3)

onde W é o trabalho para movimentar cargas elétrica entre dois pontos quaisquer.

A unidade de potencial elétrico usada no sistema internacional (SI) é volt (V).
Onde 1 V = 1J/ 1C.

Atividades

MAIS

Em breve, publicaremos links para outros recursos sobre este conteúdo.

Objetos de Aprendizagem

fisica_resistores_miniatura01
Como identificar o valor de um resistor
Atividade que ensina a identificar os valores de um resistor através do código de cores.
Tipo da mídia:

Participe

ComentáriosFórum


Deixe um comentário

Para participar, você precisa primeiro fazer seu login.